Esportes

Agora o São Caetano quer é
terminar em primeiro lugar

  DANIEL LIMA - 13/04/2017

O São Caetano derrotou a Portuguesa de Desportos ontem à noite no Canindé por dois a zero e ganhou um presente suplementar na reta de chegada da fase de classificação da Série B do Campeonato Paulista: beneficiou-se da derrota do Água Santa de Diadema em Barretos por dois a zero e com isso assumiu a liderança da competição. Se tudo isso não bastasse, para completar a festa, o São Caetano garantiu vaga na fase semifinal que reunirá os quatro primeiros colocados. 

O time de Luiz Carlos Martins volta a campo neste domingo, diante do Taubaté no Vale do Paraíba. Uma nova vitória, independentemente de outros jogos, assegurará definitivamente o primeiro lugar na classificação geral. E isso é muito bom porque permitiria jogar a partida de volta sempre em casa nas etapas seguintes. 

Com 34 pontos ganhos, o São Caetano agora soma dois a mais que o vice-líder Água Santa, com quem disputa há muitas rodadas o primeiro lugar na fase classificatória. O resultado do time de Diadema em Barretos não foi surpreendente. Com novo treinador, o time do Interior impressionou muito no domingo quando empatou com o São Caetano no Estádio Anacleto Campanella. 

Os outros dois ocupantes do G-4 após a 17ª rodada realizada na noite de ontem são o Rio Claro com 30 pontos (venceu em casa o Taubaté por cinco a um) e o Batatais com 28 pontos (ganhou em casa de três a dois do Velo Clube). É muito pouco provável que, além de Água Santa, Rio Claro, Batatais e Guarani (que ainda lutam por um lugar no G-4), a disputa se estenda além do Bragantino, que tem 26 pontos. Matematicamente há mais quatro equipes na disputa do G-4, todas com 24 pontos, casos de Sertãozinho, Penapolense, Juventus e Taubaté. 

Jogos equilibrados 

Numa competição onde as forças não são tão expressivamente antagônicas quando se comparam os 10 primeiros e os 10 últimos na classificação geral, não pode ser rotulado de catastrófico o resultado do Guarani contra o Mogi Mirim. A vitória em casa do Mogi Mirim por um a zero freou a corrida do Guarani por uma vaga no G-4, embora não tenha retirado a possibilidade de a equipe campineira depender as próprias forças para chegar às semifinais. 

Outro resultado pouco esperado na rodada de ontem foi a derrota em casa do Bragantino para o Oeste de Barueri, que luta para não ser rebaixado. Os três a um para o Oeste também atrapalharam os planos do Bragantino chegar ao G-4. Contrariedade semelhante a do Juventus que, numa recuperação extraordinária, teria se aproximado do G-4 se vencesse o lanterninha e praticamente rebaixado União de Santa Bárbara do Oeste na casa do adversário. O resultado de um a zero para o União praticamente tirou o Juventus das semifinais. O Rio Claro também colocou o Taubaté quase fora do G-4 depois da goleada de cinco a um. O Taubaté surpreendeu ao marcar um a zero, mas não resistiu à reação do time da casa, do técnico Sérgio Guedes. 

Tudo pode acontecer numa competição tão complexa como a Série B do Campeonato Paulista. O mais provável é que a definição dos semifinalistas chegará à rodada final. Isto quer dizer que a rodada do final de semana, a penúltima, deverá marcar resultados que levariam mais dramaticidade à luta não só pelo acesso mas também para fugir do rebaixamento. Apenas o Rio Preto não tem mais como escapar da degola. Essa situação poderá facilitar a vida do Rio Claro neste final de semana, quando as duas equipes se enfrentarão. O Rio Preto despede-se em casa da Série B. 

Entre as outras equipes que estão ou querem o G-4, o Guarani é o maior beneficiário da rodada, porque joga com o Barretos no Estádio Brinco de Ouro. O Juventus joga tudo em casa com o Batatais, da mesma forma que o Taubaté contra o São Caetano. O Água Santa terá obstáculo enorme ao enfrentar um Velo Clube ameaçado de rebaixamento. 

Leia mais matérias desta seção: