Esportes

Oito jogos vão decidir três
semifinalistas e duas degolas

  DANIEL LIMA - 18/04/2017

Os dois jogos disputados ontem à noite no complemento da penúltima rodada da fase classificatória da Série B do Campeonato Paulista definiram a sorte das equipes na rodada final, neste domingo. Nada menos que oito dos 10 jogos programados têm importância ao G-4, que reunirá as quatro equipes semifinalistas, e ao Z-6, que envolverá as seis rebaixadas à Série C da próxima temporada. O Guarani venceu em casa o Barretos por um a zero e agora depende das próprias forças para assegurar uma vaga num dos mata-matas das semifinais. Já a Portuguesa perdeu de três a dois no Canindé para o Oeste de Barueri e passou a correr sérios riscos de queda. O Oeste está salvo.

Para a região, o que mais interessa mesmo é a ordem de classificação do São Caetano e do Água Santa de Diadema, os dois primeiros colocados. Com 34 pontos ganhos, 10 vitórias e saldo de 14 gols, o São Caetano já é semifinalista e enfrenta o Penapolense no Estádio Anacleto Campanella sem depender de nenhum outro resultado para terminar em primeiro lugar. Mesmo um empate serviria, desde que o Água Santa, 32 pontos, nove vitórias e saldo de 12 gols, não derrote o Taubaté em Diadema por mais de dois gols de vantagem. A vitória do Água Santa aparentemente é menos problemática, porque o Taubaté é uma das quatro equipes (as demais são Sertãozinho, Juventus e Oeste) para quem não há risco de rebaixamento e tampouco possibilidade de disputar as semifinais. Já o Penapolense escaparia da queda sem depender de terceiros caso empate em São Caetano.

Mala branca em campo

O que parece certo na última rodada é que a chamada mala branca vai ser utilizada em larga escala. Mala branca é uma expressão do futebol que significa algo como terceirizar resultado. Basicamente, uma equipe com possibilidade de chegar a determinada colocação investe dinheiro numa terceira equipe que enfrentará um adversário cuja derrota ou empate interessa à combinação de resultados.

Um exemplo de potencial mala branca neste domingo envolveria Guarani (30 pontos, oito vitórias e saldo de oito gols), Bragantino (29 pontos, oito vitórias e saldo de três gols) e Batatais (28 pontos, oito vitórias e saldo de dois gols). Para o Guarani a mala branca interessa caso empate com o Batatais. Nesse caso, a equipe de Campinas teria de torcer para o Votuporanguense (ameaçado de rebaixamento) evitar a vitória do Bragantino em Bragança Paulista. O Guarani não dependerá de terceiros caso vença o Batatais. E será eliminado das semifinais caso seja derrotado.

Também ao Batatais interessa mais que a vitória em casa diante do Guarani. É preciso que o Bragantino não vença o Votuporanguense. E o Bragantino também precisa mais que os três pontos de possível vitória contra o Votuporanguense: o Guarani não pode vencer o Batatais.

Ordem de jogos

Essas três equipes – Guarani, Batatais e Bragantino – teoricamente disputam a quarta e última vaga do G-4. O São Caetano já está classificado e o Água Santa só precisa de um empate em casa contra o Taubaté. Já o Rio Claro precisa derrotar o Sertãozinho para não ter que fazer cálculos. Se empatar, dependerá da combinação de resultados dos jogos entre Batatais e Guarani e também de Bragantino versus Votuporanguense.

Não é uma atividade das mais saudáveis fazer prognósticos sobre resultados e posicionamentos na Série B do Campeonato Paulista. Há muito equilíbrio entre grande parte das 20 equipes. Mas tudo indica que a ordem classificatória no G-4 apontaria o São Caetano em primeiro, o Água Santa em segundo e o Rio Claro em terceiro. A quarta e última colocação seria preenchida por Guarani, Batatais ou Bragantino. Uma dessas três equipes enfrentaria o São Caetano no mata-mata das semifinais. Água Santa e Rio Claro fariam o outro jogo. O deslocamento de Rio Claro ou de Água Santa à quarta colocação é pouco provável.

Rebaixamento dramático

Já a disputa para fugir do rebaixamento envolve seis equipes e duas vagas em aberto. Capivariano, Mogi Mirim, Rio Preto e União Barbarense estão oficialmente rebaixados. Barretos (20 pontos, cinco vitórias e sete gols negativos de saldo) e XV de Piracicaba (22 pontos, quatro vitórias e saldo positivo de dois gols) ocupam as outras duas vagas de rebaixáveis. Mas podem escapar já que estão ameaçados Velo (23 pontos, seis vitórias e saldo negativo de três gols), Votuporanguense (23 pontos, seis vitórias e saldo negativo de um gol), Portuguesa (23 pontos, sete vitórias e saldo negativo de cinco gols) e Penapolense (24 pontos, seis vitórias e saldo positivo de três gols).

Das seis equipes ameaçadas de queda, há confronto direto entre XV e Portuguesa em Piracicaba e Barretos contra Velo Clube em Barretos. Penapolense e Votuporanguense jogam com São Caetano e Bragança Paulista. Ou seja: dois seis ameaçados, apenas XV de Piracicaba e Barretos jogam com o apoio da torcida.  São justamente as duas equipes que abrem a zona de rebaixamento.

Leia mais matérias desta seção: