Imprensa

História do melhor jornalismo
regional do País. Leiam! (106)

  DANIEL LIMA - 04/10/2018

A memória da revista LivreMercado, reproduzida a cada dia neste espaço de CapitalSocial, está recheada de informações, reportagens e sobretudo de análises. Na edição de agosto de 1997 escrevi duas matérias da área esportiva. A primeira sob o título “Melhor time é um sofrido consolo”, trato do adiamento da volta do Santo André à elite do futebol paulista. A segunda, sob o título “Plano empresa abre benefício a trabalhadores da Volkswagen” revelava os planos da nova diretoria daquela associação que, anos depois, sucumbiu e cedeu espaço ao Poder Público.  Leiam os primeiros trechos da matéria sobre o Santo André: ”“ O produto mais popular da indústria esportiva do Grande ABC, o Esporte Clube Santo André, vai estar pelo quarto ano consecutivo fora da maior feira de exposição estadual do País, o Campeonato Paulista da Primeira Divisão de Futebol. Líder e invicto ao final da fase classificatória da Segunda Divisão, o Santo André acabou vítima de uma contradição. Que outro carimbo se daria a um time formado por experientes profissionais, balzaquianos mesmo, que perderam o controle dos nervos no quadrangular decisivo, quando não uma, mas duas vagas garantiriam o acesso? A bem mais jovem Matonense, de Matão, e o meio-termo etário do Ituano, de Itu, chegaram respectivamente em primeiro e segundo lugares. O grande adversário do Santo André foi o acúmulo de sucessos nos primeiros três turnos classificatórios. Ganhou ou empatou todos os jogos”. Agora os primeiros parágrafos sobre o Volkswagen Clube: “O Volkswagen Clube de São Bernardo acaba de lançar plano para quem tem como alvo empresas interessadas em oferecer integral ou parcialmente um benefício a mais aos funcionários. Esse que é um dos maiores clubes sócio esportivos do Grande ABC está colocando ao alcance do empresariado e dos trabalhadores toda infraestrutura física e de equipamentos construída ao longo de quase 40 anos na Vila do Tanque e também na sede campestre às margens da Represa Billings. O Plano Empresa do VW Clube consiste no pagamento mensal de R$ 40,00 para que famílias de funcionários de qualquer organização passem a desfrutar da condição de associadas. A decisão de abrir para valer as portas do Volkswagen Clube é da diretoria comandada pelo engenheiro Lauro Gilmar Teixeira, presidente desde maio último”. 

05/08/1997 - Melhor time é um sofrido consolo

05/08/1997 - Plano Empresa abre benefício a trabalhadores da Volkswagen 

Leia mais matérias desta seção: