Imprensa

História do melhor jornalismo
regional do País. Leiam! (121)

  DANIEL LIMA - 30/10/2018

Quem ainda tem dúvida sobre a importância do prefeito Celso Daniel à regionalidade não pode deixar de ler mais um capítulo das memórias do melhor jornalismo regional do País, iniciado com a revista impressa LivreMercado em março de 1990 e seguido por este CapitalSocial. Vejam os primeiros parágrafos do texto que escrevi em fevereiro de 1998 de LivreMercado. Não é preciso dizer que o Consórcio Intermunicipal de Prefeitos, rebatizado por mil de Clube dos Prefeitos, jamais levou adiante a iniciativa de Celso Daniel. Sob o título “O que muda essa troca na presidência do Consórcio”, leia o cardápio de um prato substancial ao entendimento do significado de integração regional: “O prefeito de Santo André, Celso Daniel, transferiu mais que a presidência rotativa do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC ao prefeito de São Bernardo, Maurício Soares. Um documento reservado também foi passado ao novo comandante da instituição. Celso Daniel evita falar sobre o documento, cujas cópias também foram entregues aos demais prefeitos presentes ao encontro de mudança presidencial, no caso Maria Inês Soares (Ribeirão Pires), Oswaldo Dias (Mauá) e José Carlos Arruda (Rio Grande da Serra), já que tanto Gilson Menezes (Diadema) como Luiz Tortorello (São Caetano) não participaram. A síntese da proposta de Celso Daniel para que o Consórcio Intermunicipal seja potencializado estaria focada em dois aspectos: uma reserva de capital humano formada por técnicos das Prefeituras que manteria a entidade estável, independente da identidade dos prefeitos, e um corpo de funcionários públicos pronto para atendimento no dia-a-dia, dando mais velocidade aos procedimentos. Celso Daniel espera, com isso, maior flexibilidade e capacitação técnica das áreas de apoio mais próximas dos prefeitos”.

05/02/1998 - O que muda essa troca na presidência do Consórcio?

Leia mais matérias desta seção: