Imprensa

História do melhor jornalismo
regional do País. Leiam! (172)

  DANIEL LIMA - 25/06/2019

Mais três matérias publicadas na edição de fevereiro de 1999 da revista LivreMercado são reproduzidas neste site. Há, como todos sabem, uma intimidade carnal entre LivreMercado, origem destes textos, e CapitalSocial. As duas publicações, uma impressa e a outra digital, foram dirigidas editorialmente por este jornalista. Ou seja: têm o mesmo DNA conceitual e ético.

As matérias cujos trechos iniciais são reproduzidos em seguida tratam de questões econômicas. LivreMercado era uma publicação econômica, mas não só econômica.

Melhor publicação regional que o País já produziu, LivreMercado também revolucionou o conceito de publicação voltada ao desenvolvimento econômico. Fez inúmeras incursos no campo social. Cases da Administração Pública, por exemplo, eram constantes. Tanto que até o Prêmio Desempenho Empresarial, lançado em 1994, ganhou novos tons, incorporando cases de diversas atividades humanas na região.

Degustem as três novas matérias selecionadas da edição de fevereiro de 1999 de LivreMercado. Há outras três na fila de espera para completar aquele mês. Depois, chegaremos a março.

Primeira matéria  

 O Grande ABC continua acumulando perdas econômicas. Novo estudo da ASPR Assercon em parceria com LivreMercado, com base no Índice de Participação dos Municípios do Estado de São Paulo, contabiliza mais um degrau de queda da região no bolo de redistribuição do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), um dos medidores da temperatura de desempenho econômico. O Grande ABC apresenta queda de 4,8% quando confrontados os números de 1998 com os de 1997, resultado do rebaixamento de 10,168% para 9,680%. As perdas se somam aos números do ano passado, quando o tombo atingiu 9,29%. Essa é uma rotina de quase todos os anos desde 1982, quando se iniciaram os comparativos estatísticos.

05/02/1999 - Continuamos a acumular perdas

Segunda matéria  

 Depois de ouvir da iniciativa privada que a concessão de todo o conjunto do terminal rodoviário de Santo André não era negócio atraente, a Prefeitura reviu os planos, segmentou a nova rodoviária em três módulos e no próximo dia 20 assina contrato com o consórcio Tersa 1, que reúne a Viação São Luiz e a construtora Consladel, único a apresentar proposta. Mais que aprovada no teste de seduzir a livre iniciativa, a administração municipal comemora o desfecho da remodelação do complexo, que está prestes a saltar do papel para os canteiros de obras e compor a paisagem urbana idealizada pelo governo de Celso Daniel.

05/02/1999 - Projeto seduz iniciativa privada

Terceira matéria 

 O tom da reportagem do Jornal Nacional da TV Globo repetiu-se com abrandamento na forma impressa do material de divulgação da Volkswagen/Audi, fábrica inaugurada em 18 de janeiro último em São José dos Pinhais, na Grande Curitiba. Resumidamente, tanto a TV Globo quanto a assessoria da nova montadora de veículos transmitiram a mesma mensagem: o novo polo automotivo do Paraná é um divisor de águas na história da indústria automobilística brasileira: será mais competitivo que o do Grande ABC por adotar as melhores tecnologias mundiais em seus produtos e processos de produção. Além disso, a fabricação de carros médios, em falta no mercado brasileiro, e as possibilidades de exportação vão contribuir para o êxito das montadoras locais. O desenho desse cenário nada cor-de-rosa para o Grande ABC não é novidade para quem acompanha LivreMercado. Há muito tempo esta publicação alerta autoridades públicas, lideranças políticas, sociais, empresariais e sindicais sobre o aprofundamento do esvaziamento econômico que atinge a região, historicamente na dependência da indústria automotiva.

05/02/1999 - Todas as honras vão para o Paraná

Leia mais matérias desta seção: