Política

Ciro Gomes de novo melhor,
agora com sarrafo mais alto

Com o sarrafo de qualidade mais elevado do que no primeiro debate presidencial na TV Bandeirantes, Ciro Gomes voltou a ser o melhor no novo encontro dos candidatos, na Rede TV. A diferença que o separou dos demais, exceto Henrique Meirelles, que também melhorou entre outras razões porque piorar seria impossível, continua a ser discreta, embora não necessariamente desprezível.


Cadastre-se

Receba as principais notícias do nosso site no seu e-mail.

Política
Marinho e Márcio sem saída:
mudam o jogo ou vão dançar

O resultado do primeiro debate para o governo do Estado de São Paulo, na noite de quinta-feira passada na TV Bandeirantes, comporta algumas interpretações, sempre levando em conta como princípio de análise...


Imprensa
História do melhor jornalismo
regional do País. Leiam! (74)

Em janeiro de 1997, portando há mais de duas décadas, a revista LivreMercado publicou uma reportagem-entrevista com o presidente da Fundação Santo André, Oswaldo Cilurzo.


Imprensa
Nove meses de cinco anos que
transformariam o Diário (7)

A frequência com que produzia a newsletter interna (Capital Digital Online) para manter a corporação do Diário do Grande ABC motivada e integrada ao Planejamento Estratégico Editorial não poderia ser diferente:


Imprensa
Como ludibriar o público com
informações manipuladas (2)

O rompante da Administração Luiz Marinho, em São Bernardo, era desmedido naquele junho de 2014 de eleições presidenciais e tantas outras. O petista ainda não se dera conta de que o Brasil passaria pela pior recessão...


Imprensa
Veja como encontrei o Diário que
Ronan Pinto comprou em 2004 (3)

A segunda edição da newsletter OmbudsmanDiário foi encaminhada a diretores, acionistas e editores do Diário do Grande ABC em 15 de junho de 2004. Pouco tempo antes de assumir novo cargo no jornal, de Diretor de Redação.


Nosso Século XXI (1ª Ed.)
Aparelho cultural
está desatualizado

Fazer previsões é tarefa ingrata. Tanto leva ao ridículo quanto a sintomas de insânia. Principalmente se falta àquele que se pretende profeta o misticismo de Nostradamus ou a santidade de São João e o seu apocalipse.