Sociedade

Brasil teria quase 200 mil
mortes se fosse São Caetano

A possibilidade de morrer em consequência do vírus chinês é praticamente 50% maior para quem mora em São Caetano do que no Brasil como um todo. Se o Brasil fosse São Caetano, já teriam morrido quase 200 mil pessoas de Covid-19. O resultado estatístico não é uma alquimia de valor ou odor político ou partidário. É caso de saúde pública, apenas isso.


Cadastre-se

Receba as principais notícias do nosso site no seu e-mail.

Imprensa
30ANOS: cantando a caçapa
de uma grande degringolada

Faço a seguinte sugestão à minoria de leitores que insistem em bater na tecla da vadiagem interpretativa:


Imprensa
Vírus: 102 dias à espera
de resposta dos prefeitos

O tempo que você identifica no título acima corresponde à omissão dos prefeitos do Grande ABC à carta-proposta de CapitalSocial, assinada por este jornalista,...


Sociedade
Vírus chinês: Santo André é
um caso para o Fantástico?

Chamem os repórteres do Fantástico. Chamem os maiores epidemiologistas da praça. Chamem os virologistas.


Imprensa
Dossiê prova que Datafolha faz
de pesquisa alquimia editorial

O que segue foi publicado na revista digital CapitalSocial. Agora virou dossiê. Todas as edições (e foram oito) estão consolidadas...


Política
Triângulo das Bermudas é a
grande ameaça a Auricchio

Há um Triângulo das Bermudas a atormentar o prefeito de São Caetano José Auricchio Júnior. O tucano precisa superar principalmente um dos obstáculos,...


Imprensa
Veja 18 perguntas que Paulinho
Serra não responde há 382 dias

CapitalSocial – Se o senhor fosse fazer um diagnóstico dos ativos e dos passivos sociais e econômicos de Santo André neste século,...